InícioFAQMembrosGruposBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Mizunami Umiken

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Turgon
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 678
Data de inscrição : 04/06/2011
Idade : 22
Localização : Desconhecida

Ficha do personagem
Level:
0/0  (0/0)
Hp Hp:
0/0  (0/0)
Reiatsu Reiatsu:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Ficha de Mizunami Umiken   Sab Jul 14, 2012 6:49 am

Nome: Mizunami Umiken
Idade: 23
Sexo: Masculino
Raça: Shinigami
Descrição física: Pele parda, cabelos brancos e lisos, olho esquerdo de íris cor lilás intensa [Não possui o olho direito, tendo uma cicatriz vertical no local.]; Porte atlético, 1,87m e 77kg.
Descrição psicológica: Extrovertido e muito animado, o temperamento brincalhão e despreocupado sempre o ajudou a fazer amigos com facilidade. Não gosta de ver ninguém triste a sua volta, companheiro, gosta que todos ao seu redor estejam bem, mesmo que ele não se encontre no mesmo estado, se camufla para não preocupar os outros.
Tem o costume de levar tudo na esportiva, não fica emburrado se perder, sempre sorridente até nessas situações, tenta aprender com os erros que faz, a não ser que a vida de alguém que goste muito ou de algum inocente esteja em jogo, aí ele se torna impiedoso e feroz e não se permitindo perder de forma alguma. É corajoso e determinado, mas muitas vezes é imprudente, porém nunca foge das responsabilidades que lhe foram concedidas, e se falha e enxerga a mesma, aceita qualquer punição de cabeça erguida.
Quando algo o incomoda, se torna teimoso até que aquilo seja resolvido ou esclarecido.

Historia:

Japão – Era Sengoku (1467-1573)

Um período na história do Japão repleto de guerras entre os senhores Feudais disputavam o domínio absoluto sobre todo o território; Dentre esses senhores havia um chamado Motochika Chosokabe, dono da província de Mino, teve um papel importante na guerra, conhecido como pirata dos mares pela poderosa frota marítima que possuía, era um exímio líder, tratando todos seus soldados e seu povo como irmãos e era visto como um pelo povo, nunca os abandonou em batalha e sempre preocupava-se com o bem estar deles. Não se julgava superior a nenhum dos aliados, ainda que fosse um ótimo lutador, não gostava da guerra; Era um homem festivo e animado que sonhava com um futuro diferente para o Japão e principalmente para os que nele moravam.
Toyotomi Hideyoshi foi um senhor feudal que conquistou a maior parte do Japão, combatendo os outros senhores sem piedade alguma; Motochika e seu exército não escaparam da sua ira. Pegos em uma emboscada em alto mar, a frota de navios de Chosokabe foi encurralada pela frota de Toyotomi, em uma batalha difícil e sanguinária, sem direito a rendição. Motochika viu seus fieis soldados e irmãos serem abatidos, as balas dos canhões detonavam os navios como se fossem de brinquedo, seu fiel conselheiro morreu em seus braços e ele não pode fazer nada.
O navio que ele estava fora atingido por uma chuva de disparos, e ele acabara morto junto com os companheiros. Enquanto os corpos flutuavam sobre o mar junto com os destroços, as almas dos guerreiros tentando voltar a superfície, mas... Eles estavam mortos, tinha certeza, olhou para si mesmo e viu uma corrente presa no peito, não entendia o que significava, enquanto afundava aos poucos, ouviu um grito agonizante e feroz, que o fez ficar paralisado, ate ver uma sombra na água ir devorando soldado por soldado, enquanto eles gritavam e tentavam nadar. Sentia um frio mortal, tinha consciência de que estava morto, o golpe que o navio recebera não tinha como deixar sobreviventes, então ele estava no purgatório ou algo assim? Conseguiu subir a superfície e viu os navios de Toyotomi navegarem para longe, eles não podiam ouvir os gritos de socorro?
Mergulhou mais uma vez, não teria ajuda dos vivos, teria que se virar para salvar as almas dos companheiros e dos soldados inimigos também. Ajudou quantos pode a chegarem a superfície, indicando a eles seguirem os navios, que nadassem sem parar, enquanto o numero de criaturas em volta deles começou a crescer.
Ao olhar para o fundo do mar, avistou no fundo do mar a alma do conselheiro dele afundando e uma criatura horrenda ir em direção para devorá-lo; Pegou um pedaço de madeira, proveniente dos destroços do navio, e nadou com todas as forças para alcançar o amigo, teve de puxá-lo para salvá-lo, mas em compensação ficou em seu lugar, sendo arrastado pelo mar, ainda estava “vivo”, a criatura lembrava um tubarão, mas a cabeça era feita com algo parecido com um osso, e ele se segurava nesse “capacete”, enquanto a besta tentava mordê-lo. Enfiou o pedaço de madeira na região que parecia ser o olho da criatura, que o jogou em uma pedra submersa repleta de corais. A fera vinha com ódio em direção a ele, este já aceitava a condição de morrer, mas pelo menos ter tentado ajudar os outros; Fechou os olhos e se segurou com força nas pedras, achando uma solta, iria morrer, mas seria com glória, antes da mordida iria desferir um ultimo golpe na criatura... Mas ela rugiu de dor e virou poeira em sua frente, viu apenas um homem vestido de branco e negro na frente dele segurando uma espada, este se aproximou e disse algo que ele não entendeu, mas conseguiu ver um sorriso nos lábios do salvador, mal podia ver sua face e ao se esforçar para tentar enxergá-lo uma luz branca lhe invadiu a visão e ele apagou.

RUKONGAI
Um garoto de cabelos brancos e longos, com o olho direito fechado acordou na margem de um enorme lago, estava ensopado e vestia roupas medíocres, não se lembrava de nada, nem do próprio nome nem do passado dele. Começou a vagar pela margem, até achar um caminho de pedras que levava para dentro de uma floresta, onde encontrou um idoso sentado na frente de uma casinha a tratar peixes. Ao ver o garoto o chamou e perguntou-lhe o nome, e este não soube responder, o velho entendera qual deveria ser a situação do menino e perguntou se ele estava sozinho e o garoto respondeu que sim. O velho se chamava Mizunami Kensou, e convidou o menino a morar com ele, precisava de ajuda com a casa, já que a idade não lhe permitia mais isso.
Os anos foram passando e a dupla se tornará muito unida, o velho tratou de chamar o garoto de Mizunami Umiken, pelo fato do garoto ter dito acordar a beira da água. O menino era esperto e muito cheio de vida, brincava o tempo todo ou fazia piadinhas para animar o velho que andava doente, além de ajudar com as tarefas da casa e ajudar a pescar a comida. Toda noite Kensou contava uma história ao garoto, sobre um homem que ele tinha conhecido a muito tempo, era um verdadeiro guerreiro dos mares, lutava como ninguém, poderoso, gentil e Justo, nunca deixava nada faltar-lhe ao povo e sempre muito animado; Contava as travessuras que esse guerreiro entrava, desde a saquear cidades inimigas e deixar os soldados adversários de cueca até ficar bêbado com Sakê e apanhar de mulheres pela ousadia que ele possuía. Umiken gostava das historias e ria muito com o companheiro, mas a noite o menino sonhava com batalhas sangrentas no mar, explosões, gritos de socorro e de dor, a água vermelha sob os pés dele e um sentimento de falha irreparável no coração, ao ponto de acordar muitas noites completamente suado e com uma dor intensa no peito.
Certa vez, Kensou e Umiken foram a uma cidade próxima dali, vender os peixes que pescavam e comprarem mantimentos para o mês. Enquanto o velho vendia os peixes, o garoto brincava pelos bairros com algumas crianças e depois voltava um turno para ajudá-lo. Nesse dia, um ataque Hollow aconteceu na cidade, e o pânico se instalou na região. Eram muitos monstros, atacavam as pessoas sem dó e as devorava, Umiken sabia que tinha visto aquilo em algum lugar, aquela sensação de pânico e medo era familiar; Lembrou-se do velho, pediu para os amigos fugirem enquanto ele iria salvar o companheiro, sabia das condições de saúde do homem e não era para deixá-lo sozinho.
Ao chegar na rua da barraca do velho, o viu encurralado por um hollow enorme, Kensou tentava se proteger da criatura com uma peixeira, mas ela o atacou com a cauda e lançou a faca longe, dois Shinigamis apareceram para combater a criatura, mas o Hollow abriu a boca e cuspiu uma rajada de espinhos que acertou em cheio um dos shinigamis que foi ao chão; O companheiro lhe gritava o nome com desespero, derramando lagrimas de dor enquanto tentava se defender do golpes do Hollow, o velho estava fraco e mal conseguia se mexer; Umiken conhecia tudo aquilo, de alguma forma... A dor de perder um companheiro, o medo de não poder proteger quem gostava e quem precisava, era tudo tão íntimo dele, não podia permitir uma tragédia ali sem poder fazer nada.
Em um acesso de fúria e determinação, o garoto pegou a peixeira na barraca do velho e avançou em direção ao monstro, que se sentiu atraído pelo garoto por uma pequena energia, uma mínima chama de poder espiritual no corpo dele, e avançou contra o menino. Antes que ambos se chocassem, fosse o garoto com a peixeira ou a criatura com uma mordida fatal, um homem de vestimentas brancas cruzou-lhe a frente e abateu o Hollow com um golpe de espada. De alguma forma, conhecia aquela pessoa, que disse para o garoto procurar uma Academia Shinigami e treinar, não demorando a ir embora enquanto a equipe de socorro chegava ao local para resgatar o shinigami ferido e levar o corpo do outro.
O velho estava bem, mesmo após o ataque, não tinha se machucado, após conversarem em casa, Umiken decidiu ir para Seireitei iniciar o treinamento para Shinigami, sentia-se determinado a se tornar uma pessoa que defenderia os companheiros as pessoas necessitadas, não queria ver mais cenas como aquela, se empenharia de corpo e alma para ser um ótimo shinigami. Discursava com um sorriso no rosto, convencendo o velho, que se mudaria para a cidade para ficar mais seguro, evitando que o garoto se preocupasse muito com ele.
Antes da partida, o velho entregou a ele um embrulho com um chapéu de pirata, um sobretudo cor azul marinho e um pano negro longo para ele cobrir a cicatriz do olho direito, para ficar mais “charmoso” com as shinigamis da Sereitei. Riram juntos... Mal sabia Umiken que ele era o Motochika Chosokabe, o Líder tão admirado por Kensou... E Kensou era um ancião da vila onde Chosokabe havia nascido e tinha visto o mesmo crescer e se tornar o Demônio dos Mares, mas que devido a doença cardíaca morreu antes de vê-lo ser derrotado por Toyotomi.
Mizunami Umiken sabia que tinha que dar orgulho ao velho, o fazer sorrir com esperança e simplicidade com ele sempre fazia ao lembrar do líder, era algo complexo... Profundo... Partia de dentro de si, e iria realizá-lo. Assim, seguiu caminho para Seireitei para virar um Shinigami impecável.

_________________

'What's killing me, is that I'm killing you...'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ficha de Mizunami Umiken
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin
» FICHA Aurora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Bleach New Generation :: Criação :: Fichas de Personagem :: Ficha Aprovada-
Ir para: